luíza diener

luíza diener

93p

1,399 comments posted · 2 followers · following 2

1 week ago @ potencial gestante - benjamin e as altas ha... · 0 replies · +2 points

Acho bem legal isso. Estudei no Mackenzie quando era adolescente e me sentia um peixe fora dágua no meio daquela galera muito rica, que me olhava de cima abaixo (eu era bolsista). Não sei se hoje em dia ainda é tão elitista, mas peguei abuso de escola particular basicamente por causa do Mackenzie. Até entrar lá eu estudava em escola pública e, inclusive, sofri preconceito da parte de professora de história que me tratava diferente porque eu tinha vindo da rede pública. Mas são águas passadas (mesmo assim quero distância. Ahahahha). De qualquer maneira, já ouvi falar bem e tem uns diferenciais muito interessantes mesmo :)

1 week ago @ potencial gestante - benjamin e as altas ha... · 0 replies · +2 points

Oie. Então, ele á MUITO INTENSO. Em tudo. Tem um lado sensorial muito forte: precisa mexer em tudo, morder tudo, tocar, fuçar. Quebra muitas coisas. Vive cheio de roxos do tanto que esbarra. Quando ele era mais novo, tinha uma coisa que caía, do nada, parado. Tava sentado na cadeira e de repente caía dela. Foi crescendo e foi melhorando, mas aquilo me deixava perplexa. Não preocupada, porque ele não chorava nem reclamava. Raras eram as vezes.
Ele ainda tem essa fase oral muito acentudada. Rói as golas das blusas, coloca tudo na boca especialmente quando está assistindo televisão. Parece que não consegue sossegar nem parado. Comida tem que ser sempre uma explosão de sabores: quer muito sal, muita pimenta (é louco por pimenta), temperos diversos. Adora chupar limão e, se dependesse, comeria toda comida salgada com vinagre e pimenta.
É muito doido isso. Cheguei a cogitar um transtorno sensorial (que é muito comum em autistas). O transtorno sensorial pode ser pra mais (sensory seeker), que é isso de buscar sensações o tempo todo, ou pra menos (sensory avoider), que é a criança que não suporta barulhos altos, não gosta de ser tocada, abraçada, tem agonia de certas texturas, seletividade alimentar acentuada e tal.
Pra falar a verdade, benjoca é um pouco dos dois. Ele também não é muito fã de abraço (dá um abraço meio desajeitado na gente) e morre com barulhos altos, barulho de gente mastigando, etc.
Mas o transtorno sensorial por si só não é suficiente para fechar diagnóstico de autismo (lembra que eu falei que ele tem esse fenótipo ampliado do autismo?) e pode acontecer de outras pessoas não-autistas terem esse transtorno também (provavelmente ele e eu temos)

1 week ago @ potencial gestante - benjamin e as altas ha... · 0 replies · +1 points

Cara, você foi muito certeira no seu comentário. A minha grande preocupação com o Benjamin, no final das contas, é fazer dele uma pessoa resiliente, que resista às adversidades, cresça e amadureça. Que não ache que seu talento é algo que o deixa à frente dos outros, mas uma responsabilidade que foi conferida a ele.
Ele e eu somos extremamente perfeccionistas. Eu sempre achei que isso fosse algo bom e só me toquei que poderia ser péssimo (se não canalizado de forma adequada) quando tinha uns 24 anos. A partir daí, comecei a travar batalhas diárias comigo mesma e essa luta já tem mais de 9 anos. “Antes feito que perfeito”, diz meu marido e, ainda que eu discorde muitas vezes, tenho feito disso meu mantra. Porque muita coisa fica inacabada porque não saiu exatamente como eu idealizei. Não consegui terminar a faculdade porque tinha muita facilidade em algumas matérias e, em outras, era péssima. Aquilo foi me desmotivando, desmotivando e acabei largando. Por que? Porque acostumei a sempre tirar a melhor nota, a sempre ser muito boa, a estudar pouco ou quase nada e, de repente, eu ralava, ralava e não conseguia aprender certas matérias. Minha mente bloqueia dificuldades. Isso daí é coisa que só terapia dá jeito e desde agora tenho tentado ajudar Benjoca a ser mais forte, resistente, perseverante e desapegado também. Tá dando certo. Às vezes ele mesmo chega pra mim e fala “para, mãe, não precisa ficar perfeito. vamos”. Ahahahahah!
A gente sempre vai errar: como pessoa e, especialmente, como mãe. Mas não pode deixar que esse medo de errar paralise a gente.
É um dom, mas pode ser um fardo. E vamos nessa, tentar conduzir tudo da forma mais leve possível.
Beijos

1 week ago @ potencial gestante - como eliminei completa... · 0 replies · +1 points

Não conheço, mas adorei saber ;)

1 week ago @ potencial gestante - como eliminei completa... · 0 replies · +1 points

O problema do neem é a quantidade. poucas gotas de óleo essencial (que é a versão mais pura de uma planta) já são suficientes para surtir efeito. Se você colocar o neem, precisa ser em grande quantidade, aí não vai lavar seu cabelo direito e ainda vai deixar oleoso.
Melhor usar o neem quando for fazer o \"repelente\" para deixar esse tempo no cabelo e depois lavar abundantemente até sair a oleosidade.

33 weeks ago @ potencial gestante - alergia a leite e into... · 0 replies · +1 points

Oie! Sim, precisa cortar qualquer leite de vaca, quer seja desnatado, semi desnatado, sem lactose. Porque, com ou sem gordura (nata), ele continua contendo a proteína do leite da vaca, que é o que causa alergia ;)

35 weeks ago @ potencial gestante - nomes diferentes para ... · 0 replies · +1 points

Ahahaha! Você quer ajuda para mudar a cabeça do marido ou para se convencer do nome Apollo? EHehehhe

35 weeks ago @ potencial gestante - quero férias! · 0 replies · +1 points

o cupom já expirou ;)

35 weeks ago @ potencial gestante - coisas que não dizemo... · 0 replies · +1 points

Não fizemos ainda. Mas é uma excelente sugestão! Esse assunto é um tabu e precisa ser abordado com a delicadeza que merece.
Lamento muito pelas suas perdas e agradeço a excelente sugestão.
Beijos

36 weeks ago @ potencial gestante - nomes diferentes para ... · 0 replies · +1 points

Tito é muito fofo!
E tá na minha lista de nomes com 4 letras tb! <3